Receita de Pasta de Açafrão

Receita de Pasta de Açafrão

Receita de Pasta de Açafrão: Saborosa e Fácil de Fazer

Receita de Pasta de Açafrão

Hoje traremos uma receita bem prática e funcional, ela é uma ótima opção para substituir a margarina e outros produtos industrializados que são usados para passar no pão e torradas. Além disso, a Receita de Pasta de Açafrão é muito saborosa! Segue abaixo a receita e suas propriedades.

Pasta de Açafrão-da-Terra

Ingredientes

  • 1 cenoura pequena
  • 1 colher de café de Açafrão-da-terra
  • Pimenta-do-reino à gosto
  • 1 colher de café de semente de mostarda
  • 1 pote de Iogurte natural com probióticos
  • Sal do Himalaia à gosto

Modo de preparo: Bata tudo no liquidificador ou processador. Prove e acerte os temperos. Consuma em seguida.

Fonte: Receita elaborada pela Nutricionista Bruna Moraes

Propriedades da Receita de Pasta de açafrão

Açafrão-da-terra (Curcuma Longa):

Possui flavonoides e alcaloides que tem efeito anti-inflamatório e antioxidante.  Para além da sua forte atividade antioxidante, a curcumina tem sido intensivamente estudada como agente anticancerígeno.

Além disso, a curcumina participa da ativação de células do sistema imunitário (defesa do corpo), atividade antiparasitária, além da sua reconhecida ação antitumoral (anticancerígena). Uma estratégia comum para aumentar a biodisponibilidade da curcumina (aumentando o seu efeito no organismo) é a utilização de adjuvantes que bloqueiam a sua biotransformação, como é o caso da piperina, um alcaloide extraído das sementes de pimenta do reino (Pipper nigrum L.).

Pimenta-do-reino (Piperina):

A piperina é um alcaloide extraído das sementes da pimenta do reino (Piper nigrum L) e responsável por seu intenso aroma. Este alcaloide possui diversas atividades biológicas, tais como ação inseticida, antipirética (combate a febre), analgésica, anti-inflamatória. As pimentas brancas, verdes e pretas são os principais tipos de pimentas do reino existentes. Todos os grãos de pimentas são procedentes da mesma espécie P. nigrum, mas se diferem segundo período de colheita e processamento empregado.

Além disso, os grãos da pimenta preta são ricos em vitamina A e K, contém fibras dietéticas, β-caroteno, cálcio, magnésio, potássio, manganês e fósforo. A pimenta preta ainda é rica em ácidos fenólicos e antioxidantes. A pimenta preta tem sido indicada como fonte dietética potencial de antioxidantes. Além da composição rica em fenólicos (reconhecidos compostos antioxidantes) a piperina tem demonstrado também ser um fitoquímico importante no combate aos radicais livres (os quais causam danos à células do corpo).

Probióticos:

São organismos vivos administrados em quantidades adequadas, que sobrevivem ao ambiente do estômago e colonizam o intestino, trazem benefícios à saúde do hospedeiro. Essas ações são: modulação de mecanismos imunológicos, estímulo da motilidade (movimento) intestinal, atividade anticarcinogênica, melhora na digestão de lactose, melhora na absorção de alguns nutrientes e ação hipocolesterolemiante (reduz o colesterol sanguíneo). Segundo a ANVISA a quantidade mínima viável de probióticos deve estar situada na faixa de 10a 10Unidades Formadoras de Colônias (UFC) na recomendação diária do produto pronto para o consumo, conforme indicação do fabricante. Valores menores podem ser aceitos, desde que a empresa comprove sua eficácia.

 

Mariane Meurer

NUTRICIONISTA

CRN 10.5317

Gabriela Dors Wilke Rocha

NUTRICIONISTA

CRN 10.4719

nos siga nas mídias sociais


Twitter


Facebook-f


Youtube


Instagram

Loja

Diet One

  • Tutoriais
  • Guias
  • Exemplos
  • Documentos
  • Trial

Sobre

  • Mídias Sociais
  • Comunidade
  • Blog

Downloads

  • Flex UI Kit
  • Modern UI Kit
  • Framer UI Kit
  • Gradients UI Kit
  • Black & White UI Kit

Instituto Ana Paula Pujol – Marca pertencente a Onisoft Soluções e Sistemas – Rua Porto Alegre, 768 – Camboriú, SC – CEP: 88340-221 – CNPJ: 23.503.012/0001-34

Artigos relacionados