Receita de Peixes com legumes

Receita de Peixes com Legumes

Receita de Peixes com Legumes Simples e Rica em Vitaminas!

Preparar peixe numa receita nem sempre é fácil. Mas não precisa ser assim! Por isso, hoje vamos ensinar um receita super prática de peixes robalo com legumes. Além de fácil de fazer, é uma receita rica em nutrientes, proteína, vitamina e até componentes que agem como antioxidantes. Isso mesmo! Ficou curioso? Então confira essa deliciosa Receita de Peixes com Legumes!

Receita de Peixes com legumes

Ingredientes:

–        4 filés de robalo

–        Sal a gosto

–        ½ xícara (100ml) de suco puro de laranja

–        3 colheres (sopa) de manteiga

–        1 dente de alho amassado

–        Uma colher (chá) de gengibre ralado

–        1 abobrinha italiana ralada

–        1 cenoura ralada

–        10 vagens fatiadas na diagonal

–        8 tomates cerejas cortados ao meio

–        4 ervilhas-tortas

Modo de Preparo:

  1. Tempere os filés com sal e o Alho.
  2. Em uma frigideira, aqueça a manteiga, em fogo médio coloque o Gengibre, o suco de laranja, sal e deixe ferver por 3 minutos.
  3. Disponha os filés na frigideira, espalhe os legumes, tampe e cozinhe em fogo baixo por 15 minutos.
  4. Sirva em seguida.

Propriedades da Receita de Peixes com legumes:

Gengibre (Zingiber officinales): É usado internamente contra náuseas, indigestão, cólicas, contra gripes, tosses e para problemas circulatórios. Como planta medicinal, o gengibre é uma das mais antigas e populares do mundo. Suas propriedades terapêuticas são resultado da ação de várias substâncias, especialmente do óleo essencial que contém canfeno, felandreno, zingibereno e zingerona. Tem sido largamente empregado na culinária como condimento, em bebidas e na medicina popular. As plantas da família Zingiberaceae, em geral, apresentam ingredientes pungentes.

Além disso, o gengibre apresenta compostos como 6-gingerol e 6-paradol, os quais possuem efeito antitumoral. Nenhum efeito tóxico foi reportado. Algumas pessoas podem ter efeitos colaterais leves, incluindo azia, diarreia e desconforto gástrico. Evitar o uso concomitante a anticoagulantes, especialmente próximo a procedimentos cirúrgicos. O gengibre pode reduzir a glicose sérica. Pacientes com uso de hipoglicemiantes devem acompanhar os níveis de glicose.

Ademais, possui efeito quimiopreventivo, devido ao composto fenólico gingerol, responsável pelo sabor picante do gengibre (Zinziber officinale Roscoe) que inibe a ativação de AP1 induzida por fator de crescimento epidermoide. Além de ser usado por seus efeitos hepatoprotetores, antioxidantes, antidiabético, anti-hiperlipidêmico e antiobesidade.

 

Mariane Meurer

NUTRICIONISTA – CRN 10.5317

Gabriela Dors Wilke Rocha

NUTRICIONISTA – CRN 10.4719

Outros Artigos:

Receita – Macarrão de Abobrinha e Cenoura com Cogumelo

Creme de Abóbora: Receita Deliciosa e Nutritiva

Artigos relacionados